PARA ALÉM DO BLACK MIRROR: 
Estilhaços distópicos do presente    

Maria Cristina Franco Ferraz e Ericson Saint Clair


 


Título P ara além de Black Mirror: estilhaços distópicos do presente

Autor Maria Cristina Franco Ferraz e Ericson Saint Clair

Projeto gráfico Erico Peretta

Ano 2021 | 1º edição

N˚ de paginas 180

Dimensões 21 x 14cm

ISBN 978-65-86941-12-8

Preço de capa R$ 35,00




Sobre o livro

 

(...)Neste livro agora em papel , acionamos certos intercessores para o pensamento, grande parte deles proveniente do séculoXIX : sobretudo, Gabriel Tarde, Friedrich Nietzsche e Henri Bergson. 

Propomos aqui certo embaralhamento do tempo. Nem Black Mirror diz respeito ao futuro, nem nossas ancoragens no século XIX  são anacrônicas. 

O pensamento acontece no plano da extemporaneidade, nessa nuvem não-histórica, atmosfera de alegria — força maior que também acompanha as perplexidades que a história não cessa de provocar.(...)


(...)Neste livro, ao explorarmos cinco episódios da série Black Mirror, da Netflix, procuramos desdobrar questões que o presente nos força a pensar. Pensar a partir de; não sobre.(...)
 



Sobre o autores

MARIA CRISTINA FRANCO FERRAZ é Professora Titular de Teoria da Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Doutora em Filosofia (Universidade de Paris I-Sorbonne), com três estágios pós-doutorais em Berlim, Mestre em Letras pela PUC-RJ. Professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura da ECO. Foi professora visitante nas Universidades de Paris 8, Perpignan, Richmond, Nova de Lisboa e Saint Andrews. Pesquisadora do CNPq, cujo apoio possibilitou em parte este livro. Autora de Nietzsche, o bufão dos deuses (São Paulo: n-1, 2017 e Paris: Harmattan, 1998), Platão: as artimanhas do fingimento (Rio: Relume Dumará, 1999 e Lisboa: Nova Vega, 2010), Nove variações sobre temas nietzschianos (Rio: Relume Dumará, 2002), Homo deletabilis (Rio: Garamond, 2010 e Paris: Hermann, 2015) e Ruminações: cultura letrada e dispersão hiperconectada (Rio: Garamond, 2015).

 

ERICSON SAINT CLAIR é Professor do Programa de Pós-graduação em Cultura e Territorialidades da Universidade Federal Fluminense e do Departamento de Artes e Estudos Culturais da mesma universidade. Doutor em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Mestre em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense. Monge zen-budista da tradição japonesa Sōtō-shū, discípulo da Monja Coen Rōshi, coordena o espaço de prática Zendo Brasil RJ, em Copacabana. É autor do livro Gabriel Tarde e a Comunicação: por um contágio da diferença (Rio de Janeiro: Multifoco, 2012).

 Após esses estilhaços autobiográficos, afirmamos n-1: fazer o múltiplo.